Melancolia pré-eleições

Eu lembro bem do dia que o Trump venceu nos EUA. Acordei e li uma mensagem da amiga coreana, que já vivia a notícia há algumas horas. Fiquei muito triste e escrevi que o que mais doía não era bem ter um Trump como presidente de uma nação daquele tamanho, mas saber que o tipo … Continue lendo Melancolia pré-eleições

Como procurar emprego (em tempos de crise?)

Apesar de algumas dicas serem mais gerais, a estratégia listada aqui vai atender a um grupo específico: pessoas que atualmente buscam empregos formais e tem o privilégio de contar com um tempo para isso - e não são boas em "aquecer o network", então recorrem a busca por vagas mesmo. Recentemente, dentro desse cenário, precisei buscar um … Continue lendo Como procurar emprego (em tempos de crise?)

VIAGEM PARA O JAPÃO – TÓQUIO, DIA 1 (PT2)

  Fomos ao mercado de Asakusa, uma grande rua de suvenires e lojas em geral, como uma 25 de Março, porém muito japonesa. Por lá, comi um sanduíche de sorvete. Sempre tive curiosidade com esse doce por conta do nome de uma das versões do Android. Nada surpreendente: é uma bolinha de sorvete servida entre … Continue lendo VIAGEM PARA O JAPÃO – TÓQUIO, DIA 1 (PT2)

Viagem para o Japão – Tóquio, dia 1 (pt1)

Fui ao zoológico em Tóquio no dia seguinte, para cumprir compromissos com o meu sobrinho, que sempre aguarda as fotos de zoológico das minhas viagens. Enfrentei fila para ver a grande estrela, o panda. Vi o panda. Fiquei morrendo de dó de todos os animais confinados em celas pequenas, até para o padrão espacial japonês. … Continue lendo Viagem para o Japão – Tóquio, dia 1 (pt1)

Viagem para o Japão – Tóquio, dia 0

Em abril de 2015, viajei para o Japão. Lembro das pétalas das cerejeiras caindo lentamente no chão, formando redemoinhos com o vento. Achei que parecia neve, mas eu nunca vi neve. Lembro que a Nippon Airways foi a cadeira mais desconfortável em que já viajei. Porém os lanchinhos eram bonitinhos, assim como todos os lanches … Continue lendo Viagem para o Japão – Tóquio, dia 0

O que resta depois da Viagem

Eu sei bem o momento em que pensei: nada vai superar isto. A viagem tirou algo de mim. Foi no dia 19 de outubro de 2013, pouco depois das quatro da manhã (diante do pelotão de fuzilamento, o Coronel Aureliano Buendía havia de recordar aquela tarde remota em que seu pai o levou para conhecer o … Continue lendo O que resta depois da Viagem

Delírio da praia na infância

Eu espero os barquinhos na janela Que começam miudinhos e vão se engrandando As meninas que correm descalças na areia Uma flecha de sol colorida desbotar o horizonte   É uma origem de vida assim, de olhar as montanhas Como se fossem gente, e de pensar o mar Como se estivesse distante   A vida … Continue lendo Delírio da praia na infância