Metas para leitura

Inspirada pelos milhares de vlogs de leitores que achei no youtube, decidi brincar de estabelecer metas para minhas leituras. A proposta não é tornar o hábito uma coisa burocrática, e sim ficar bem feliz quando conseguir cumpri-las.

Mínimo de 3 livros por semana – não vou ler do começo ao fim os três livros na semana, a ideia é que eu termine de ler dois, e paralelamente dê continuidade a uma leitura mais pesada,  que pode durar até três meses, se for o caso. Também, a semana não tem dia certo de começar e acabar, portanto, esse limite vai ser bem maleável.

Mínimo de 8 livros por mês – terminarei a leitura de,  no mínimo, 8 livros por mês. Neste caso, cada mês começa no dia primeiro e termina no dia 30 ou 31. Aqui não vai entrar no mérito qualidade ou tamanho, só o número redondo mesmo. E quadrinhos contam. Porque eu sou dessas.

______________________________________

\\ Livros desta semana //

LIDO The claiming of sleeping beauty , Anne Rice – vi em algumas críticas ao Fifty Shades of Grey que esse era tipo ele, só que bem escrito, então, por curiosidade (cof, cof), peguei pra ler.  Vou fazer um post só sobre literatura erótica sadomasô, falando mais sobre ele, sobre o Venus in Furs e o Filosofia na alcova (que ainda vou ler).

LIDO Fifty shades darker, E. L. James  – eca! Consegui terminar essa tortura. Para sobreviver ao livro, que comecei há duas semanas, usei minha técnica de separar as temáticas e ler cada história separadamente. Assim, separei cenas de sexo, cenas de ação, dramas familiares/psicológicos, drama de sub e drama de trabalho. Li cada ramificação pulando as outras pra dar conta, depois voltava pra ler outra parte, e assim por diante. Leitura esquizofrênica como último recurso.

LENDO Catching Fire, Suzanne Collins – não resisti e estou lendo o segundo volume da trilogia Jogos Vorazes, devo terminar hoje. Está tão legal!

LENDO As pequenas memórias, José Saramago – comprei na viagem que fiz a Portugal no começo do ano, comecei a ler na semana passada e está tão difícil – é daqueles livros que você para pra viajar, viajar, daí quando vê, dormiu com ele no braço, na página 22.  Não sei se termino nesta semana ainda.

LENDO Feios, Scott Westerfeld – outro livro torturante. Comprei na onda de sagas adolescentes, mês passado, porque vi muitas meninas colocando como leitura preferida em suas listas. Mas é terrível. Quero morrer. Já li o começo, já li o final, acho que faltam umas 150 páginas no meio para serem lidas ainda e quero terminar só para não perder o dinheiro investido.

LEREI The perks of being a wallflower, Stephen Chbosky – livro pop recomendado pelo ótimo Otávio num comentário por aqui. Sensação de que vai ser leitura pra começar e terminar nesta quarta-feira de feriado em BH.

______________________________________

|||| Hall da vergonha ||||

Livros que comecei a ler e parei. Mas que ainda tenho esperança de terminar algum dia.

História do cerco de Lisboa, José Saramago – queria tanto taanto ler este livro em que o personagem principal é um revisor, daí meus pais me deram com tanto carinho no ano passado, e eu comecei a ler e não terminei. Daí ainda tentei ler antes da minha viagem pra Portugal (no começo do ano), mas também amarelei. Está como prioridade.

Tanto Faz/Abacaxi, Reinaldo Moraes – no ano passado, li o Pornopopeia, último livro desse autor brasileiro. Gostei MUITO (devo fazer um post só pra ele). Daí passei o livro pro meu lindo amigo Vinícius, que também gostou e me deu de presente de aniversário as duas primeiras obras do mesmo autor, que foram lançadas num livro só.  Percebi que ele aprimorou muito a escrita até chegar ao Pornopopeia, e esses primeiros livros parecem um ensaio para a obra prima. Daí parei de ler por preguicinha da temática recorrente (ode à putaria), mas quero terminar.

Plataforma,  Michel Houellebecq –  o plataforma é obra de um autor que parece ser ‘o’ fodinha francês do momento e conta as histórias de viagem de um cara que curte um turismo sexual.  Esses escritores vivos só pensam naquilo mesmo. Um amigo meu me emprestou no começo do ano, já li a metade, mas parei. Voltarei.

Anúncios
Metas para leitura

7 comentários sobre “Metas para leitura

    1. Maria Tereza disse:

      Eu ponho! o negócio foi a quebra de ritmo da segunda parte… mas coloquei agosto/setembro pra resolver o “problema”, kkk. Te devolvo lido, ainda neste ano, nem que eu tenha que ir pra frança.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s