Javaporcos

No dia anterior tinha assistido à reportagem sobre os vinte e dois javaporcos mortos pela mineradora, que descumpriu algum tipo de acordo com os moradores de uma cidade que foi evacuada, acho que pelo risco de vazamento de uma das muitas barragens. Esse último detalhe se perdeu.

Primeira questão, talvez a mais importante: o que são javaporcos? Por que não sabia até então que esses animais existiam? Serão isso mesmo que o nome sugere? A wikipedia confirma, javaporcos também são conhecidos como porcolis e são resultado do cruzamento entre os javalis e os porcos domesticados. Rendem mais carne. A Wikipedia também conta uma historinha sobre porcos que fogem do cativeiro e formam populações de javaporcos. Achei pouco provável.

A segunda questão, um pouco desnecessária, quanto tempo os javaporcos viveriam, caso não estivessem sob a tutela da mineradora? Serviriam às mesas do Natal e do Ano Novo? Aliás, foi pra isso que perderam a vida? O que aconteceu com os vinte e dois javaporcos após a morte?

A reportagem abusava das imagens humanizadas dos javaporcos, enquanto dava detalhes do contexto em que foram brutalmente assassinados. Mortos, repetia a reportagem, sacrificados, dizia a mineradora. Os javaporcos, fotografados em diversos ângulos, já pareciam cachorros que vinham quando chamados, balançando seus rabicós. Eu também fotografaria meu javaporco, se tivesse um.

A terceira questão envolvia os aspectos práticos da situação. Por que uma mineradora não teria condições de manter os vinte e dois javaporcos? São javaporcos, não devem custar tanto assim. Ração, um chiqueirinho limpo e pronto. Não é possível que a opção viável fosse o sacrifício dos javaporcos e posterior enfrentamento de processos.

Pelo que desconfiamos, já há algum tempo, esse é o cálculo feito para a viabilidade de projetos que vão dar errado: o lucro (ou ausência de custos) no processo compensa ou não as custas dos futuros processos no cenário de catástrofe previsto. Vinte e dois javaporcos (ou porcolis) responderam a pergunta. Que já havia sido respondida pelas trocentas vidas humanas do desastre. Processos são caros, eu acreditava que javaporcos deviam ser mais baratos, vidas humanas nem deveriam entrar em uma balança.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s