Manifesto pelo fim da saudade

Quando chegar em casa quero encontrar todo mundo prum abraço.Quero encontrar o Du, a Mariana, o Edmundo e a Mercedes. Quero que eles estejam felizes.Depois quero apertar o Vinícius e a Laila, Quero todo mundo junto, a Juliana, a Natália, o Augusto, o Fernando, o André e a Ana ClaraQuero encontrar com a Alice, com … Continue lendo Manifesto pelo fim da saudade

Desrima da linha de cozinha

Era uma vez uma linha de cozinha que queria estar junto com as outras na caixa de costura. Mas ela ficava sempre jogada no armário sob a pia, lamentando sua vida dura. Ainda nova, fora tirada do alfaiate pra repartir um grande bolo de chocolate. A metade de cima despedaçou quando foi cobrir o recheio, … Continue lendo Desrima da linha de cozinha

A distância da Lua

No primeiro parágrafo de Cem anos de solidão, o Gabriel García Márquez fez uma ótima definição para uma gênesis alternativa: O mundo era tão recente que muitas coisas careciam de nome e para mencioná-las se precisava apontar com o dedo. (Cem anos de solidão) Em 2004, pouco antes de estragar pra sempre meu julgamento literário … Continue lendo A distância da Lua