Terminal

Vai buscar as flores. E ele foi. Tanto tempo depois, chegou com aquelas rosas pequenas nos galhos um pouco murchos. Deixou a bengala pendurada na cadeira e veio, um pé sim, um pé não, ter comigo na cama. A floricultura estava vazia hoje, a Matilde falou que amanhã chegam as margaridas. Recolheu o ramalhete de rosas … Continue lendo Terminal

Anúncios

A Maria

O sangue escorreu quente pelo braço e, sentado na cadeira que dá de frente à janela posta de frente à rua, avalio o estado geral do meu corpo putrefato. Feridas escancaradas em um coração meio ridículo. Meio ridículo porque ama pelas metades, e tudo o que ama, mesmo que pelas metades, não tem por vontade outra senão a … Continue lendo A Maria

Fabíola

A Fabíola não estava nos planos. Ela era o inesperado, e eu, ali, um inespero, um inesdesespero. Eu nunca tinha visto o rosto da Fabíola e acho que me surpreendi positivamente com aqueles olhões azuis. É meio injusto culpar a virtualidade por essa mania de reconhecer o desconhecido... Como se antes não se seguisse qualquer moça … Continue lendo Fabíola

A Marcinha

O meio-fio nunca me pareceu tão confortável. Uma fileira de formigas rodeando um invertebrado qualquer ali, um nó na garganta e eu já podia sentir o fluxo sentimental. Sofá de casa, caralho. E o filhadaputa do Bebeto vomitando no tapete. Tenho uma puta mágoa do Bebeto vomitando no tapete, a Marcinha me escrachou no dia. A … Continue lendo A Marcinha

Amanda Furacão

  Amanda Furacão, todo mundo conhecia. Ela chegava e não ficava pedra sobre pedra. O Helião suspendia a sobrancelha e sibilava um ca-ra-lho. Ca-ra-lho. A Furacão entrava e o ar ia embora. Ela vinha buscar o Manoelson, que era o maridão bebum de domingo. Ia porque o almoço já estava quase pronto - só faltava … Continue lendo Amanda Furacão

A poça d’água com óleo diesel

A poça d’água tá cada dia mais funda. Ela interrompeu meus pensamentos. Eu olhava absorto praquele monte de água com óleo diesel que refletia o céu cinzento e mais umas mils cores de arco-íris. Cada dia mais funda... Insistiu, e eu dei de ombros. É assim que é. Que a poça estivesse mais funda não … Continue lendo A poça d’água com óleo diesel