Paris, je t’odeio (parte 6)

Paralisada diante da possibilidade de ter de mudar de hostel no dia seguinte, mantive-me catatônica por tempo o bastante para que o recepcionista terminasse o que estava fazendo e voltasse a completa atenção a mim. "Mas... a outra recepcionista... disse que..." Ele apenas me informa que eu deveria conversar com ela, bem de manhã. Com … Continue lendo Paris, je t’odeio (parte 6)