Delírio da praia na infância

Eu espero os barquinhos na janela Que começam miudinhos e vão se engrandando As meninas que correm descalças na areia Uma flecha de sol colorida desbotar o horizonte   É uma origem de vida assim, de olhar as montanhas Como se fossem gente, e de pensar o mar Como se estivesse distante   A vida … Continue lendo Delírio da praia na infância

Ashram dos Beatles em Rishikesh

Decidi ir para Rishikesh por conta da referência que tinha pela história dos Beatles (que foram pra lá, ficaram hospedados em um Ashram e piraram e escreveram música e etc.). E olha que eu nem sou tão fã assim deles. Queria ver se conseguia um pouco da energia criativa que o lugar deveria ter. Na ida, o … Continue lendo Ashram dos Beatles em Rishikesh

Ano Novo no Ganges

6. Quando achei que era tempo bastante de meditação silenciosa às margens do Ganges, tirei os tênis e as meias. Assim que me levantei, quatro meninas pequenas me rodearam. Elas vendiam flores para serem jogadas no rio. “Madam”, “Madam”, “Flower, madam”. Os arranjos de calêndulas já estavam murchos e tristes, mas elas não aceitariam um … Continue lendo Ano Novo no Ganges

2015 – Um ano de reflexões e endurecimento

A música do meu 2015 fica com o Emicida, aquela que colou: Se 2014 foi o ano em que perdi o gosto por despedidas, em 2015 refleti bastante e endureci um pouco. Foi um período bem autocentrado e essa retrospectiva espelha o lapso egoísta: com licença mundo, há coisas que preciso fazer por mim antes. … Continue lendo 2015 – Um ano de reflexões e endurecimento

Ao tempo, esse amado

Perde-se discutindo se algo aconteceu antes ou depois. Em 82 ou 87, quando a gente ainda estava ou quando já tinha ido. Um instante teimosamente exato de um espaço e ser passado. Há quem dê valor a essa coisa cronológica. Eu não. Ultimamente tenho ressignificado o tempo. Tenho refletido sobre o sentido dos anos que … Continue lendo Ao tempo, esse amado

10 things I did against Brazilian rule after 2 years in Mumbai

My friend Kaori asked me to write about “10 things I did against Brazilian rule after 2 years in Mumbai”, she wrote about the Japanese things here. The image is only to make a reference to her post. Here, Starbucks are not that common to make a comparison between the service in Mumbai and Brazil… So, … Continue lendo 10 things I did against Brazilian rule after 2 years in Mumbai

Receba cartões postais de graça

Moro aqui na Índia há 2 anos. Apesar de ter mandado vários postais de outros países para os quais viajei nesse tempo, nunca mandei um único cartão daqui. Também escrevi bem menos sobre o que vivi aqui do que em outros lugares. Para recuperar o tempo perdido, decidi fazer um projeto (rufem os tambores): Quero … Continue lendo Receba cartões postais de graça